Jornal da Mania

Mulher é expulsa de condomínio de luxo por fazer barulho demais

25/07/2017 – 08h45

Marcus Marinho

Uma moradora da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, foi expulsa do condomínio por determinação judicial. Os vizinhos foram aos tribunais alegando que ela fazia muito barulho, e não sabia conviver em harmonia com os demais moradores do edifício.

Ouça a cobertura do Jornal da Mania:

Jornal da Mania – de 2ª a 6ª, das 06h às 07h

“Pela nossa legislação, o condômino que não cumpre seus deveres pode ser condenado a pagar cinco vezes o valor da taxa do condomínio. E o morador antissocial, que causa perturbação e põe em risco a ordem, pode ser obrigado a pagar até dez vezes este valor”, explica o advogado Thiago Neves, especialista em Direito imobiliário.

Vizinhanças problemáticas já viraram casos de polícia. No início do mês, um homem foi preso em Teresina, no Piauí, depois de quebrar o portão do vizinho com golpes de machado. Estraçalhou uma televisão, uma geladeira, e todos os móveis, e ainda matou um dos moradores da casa motivado por inveja. Em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, um outro homem foi acusado de envenenar os cachorros da vizinha. Jogou para os cães salsichas recheadas com chumbinho.

Notícias que você pode gostar