Jornal da Mania

“Mulheres precisam se impor no mercado de trabalho”, diz especialista

08/03/2018 – 07h36

Marcus Marinho

No dia internacional da mulher, uma pesquisa do IBGE alerta para o preconceito no mercado de trabalho: 80% delas ganham bem menos que os homens, mesmo quando exercem a mesma função, na mesma empresa. Para a especialista em RH Sônia Garcia, as mulheres precisam usar a lei em seu favor, e conhecer os salários praticados no mercado para saber negociar com os chefes.

“A lei impede que na mesma empresa a mulher ganhe menos que o homem. Os salários precisam ser iguais. Se por um acaso um profissional for mais competente que o outro, ele precisa ser promovido, e não ganhar mais para fazer a mesma coisa”, explica.

Ouça a cobertura do Jornal da Mania:

Jornal da Mania – de 2ª a 6ª, das 06h às 07h

Outro tema recorrente é o assédio:

“É preciso que todas conheçam seus direitos e saibam se impor”, diz Sônia.

Segundo uma pesquisa do instituto Ipsos e da ONG International Women’s Day feita em 27 países, o maior problema enfrentado pelas mulheres no mundo é justamente o assédio sexual (32%); depois vem a violência sexual (28%); e em terceiro lugar, a violência física (21%). No Brasil a maioria dos casos refere-se à violência sexual.

Notícias que você pode gostar