Jornal da Mania

Ouvinte da rádio Mania tenta encontrar família perdida

18/09/2017 – 07h34

Marcus Marinho

A cabeleireira Alessandra Machado de Arruda, de 31 anos, está procurando a família. Ela quer conhecer os parentes do pai, João Gomes de Arruda, que morreu atropelado em 1993 na rua São Francisco Xavier, no Maracanã, zona norte do Rio, perto da Uerj.

“Eu não lembro de nada dele. Eu era muito pequena. Eu e minha irmã só sabemos que, quando éramos crianças, recebemos a visita de uma tia chamada Bilica. Minha mãe, que também já faleceu, dizia que meu pai tinha um filho chamado William”, conta Alessandra, que mora na Penha Circular, zona norte da cidade.

Ouça a cobertura do Jornal da Mania:

Jornal da Mania – de 2ª a 6ª, das 06h às 07h

A única pista de Alessandra é que João nasceu em Ipatinga, Minas Gerais.

“Eu sei que ele trabalhou como pintor, e também numa pizzaria. Até encontrei um amigo dele da época, mas infelizmente, ele também não faz idéia de nada”, complementa.

Quem tiver informações sobre os parentes de João Gomes de Arruda pode entrar em contato com Alessandra ou com a irmã dela, Talita, através do Facebook. O Jornal da Mania já promoveu o reencontro de duas famílias. Primeiro foi a do analista de sistemas Luiz Gustavo Almeida, que reencontrou o pai depois de mais de 20 anos. E em seguida, a do técnico de manutenção Alex da Conceição Silva, filho do cantor Mauro Celso. Ele entrou em contato com a Mania depois de ouvir na rádio a música do pai.

Notícias que você pode gostar