Jornal da Mania

Pezão é inocentado por delator da Odebrecht

Segundo o ex-executivo Benedicto Silva, era o ex-governador Sérgio Cabral que exigia dinheiro

19/04/2017 – 10h25

Marcus Marinho

O ex-executivo da empreiteira Odebrecht, Benedicto Júnior, o BJ, inocentou o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, e voltou a acusar o ex-governador Sérgio Cabral durante depoimento de delação premiada. Segundo Benedicto, havia um cartel para as empreiteiras ligadas a Cabral ganharem a licitação das obras do arco metropolitano. Porém, ele disse que Pezão nunca levou dinheiro deste esquema de propina.

“Isso nunca foi tratado pelo doutor Pezão comigo. E o ex-subsecretário dele, o doutor Hudson (Braga), nunca disse que restaria alguma parte da cobrança para o doutor Luiz Fernando Pezão”, afirmou o delator.

Desde o início das investigações, Pezão tem declarado que nunca teve conta bancária no exterior. Porém, o mesmo delator Benedicto Júnior, disse que o ex-governador Sérgio Cabral cobrava propina para bancar a campanha eleitoral de Pezão ao governo do estado.

“Doutor Sérgio Cabral me procurou, me pedindo que eu fizesse pagamentos para a campanha do governador Pezão”, disse Benedicto.

Ouça a cobertura do Jornal da Mania:

Jornal da Mania – de 2ª a 6ª, das 6h às 07h

Notícias que você pode gostar