Jornal da Mania

Ressaca pode atrapalhar o primeiro dia útil

Cena do filme “Se beber, não case”: repouso e hidratação ajudam a se recuperar dos excessos

Foto: Divulgação

02/01/2017 – 07h37

Marcus Marinho

As festas já passaram, e chegou a hora de voltar ao batente. Quem deixou para a última hora, vai enfrentar o trânsito congestionado para sair do local de veraneio e chegar ao escritório. E quem aproveitou até o último minuto para beber, terá que aguentar as conseqüências.

“Quem abusou está pagando a conta hoje. E a gente cura ressaca com repouso e bebendo bastante água, para hidratar o corpo. É importante também tomar analgésico. Para adultos com mais de 50 quilos, o ideal é a dipirona sódica ou o paracetamol de 500 mg, de seis em seis horas. Mas quem tem problema renal ou gástrico, precisa ter cuidado e consultar um médico”, orienta o chefe do setor de clínica médica do hospital Federal dos Servidores, Sylvio Provenzano.

Ouça a cobertura do Jornal da Mania:

Jornal da Mania – de 2ª a 6ª, das 06h às 07h

“Eu não bebo há 18 anos. Uma vez, eu estava de folga, mas o telefone tocou. Precisavam de mim na emergência. Não me senti confortável para trabalhar porque eu tinha tomado uma dose de uísque. A partir daí, preferi evitar. A saúde agradece”, explica o médico.

Notícias que você pode gostar