Jornal da Mania

Servidores protestam no prédio da mulher de Sérgio Cabral

30/03/2017 – 09h16

Marcus Marinho

Depois de quase quatro meses presa, a ex-primeira dama do estado, Adriana Ancelmo, passou a primeira noite em prisão domiciliar, num apartamento duplex a uma quadra da praia do Leblon, na zona sul do Rio. As calçadas amanheceram pichadas com xingamentos. Um grupo de servidores que está com salários atrasados permanece em frente ao prédio protestando contra a prisão domiciliar. Adriana e Sérgio Cabral são acusados pela Polícia Federal de integrar um esquema de desvio de dinheiro público. Cabral continua preso no complexo penitenciário de Gericinó, na zona oeste.

Notícias que você pode gostar