Jornal da Mania

Governador sai do SPA de luxo para discutir venda da Cedae

20/07/2017 – 08h09

Marcus Marinho

Chamado para uma reunião em Brasília com o presidente Michel Temer, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão resolveu sair do SPA de luxo Riatuaali, em Penedo, no sul do estado onde se hospedou com a esposa. O relax para casal custa no mínimo R$ 14 mil por semana. Pezão ganha cerca R$ 19.600 por mês, e a maioria dos servidores ainda não recebeu o salário de maio. O décimo terceiro do ano passado não foi pago à ninguém. Os assessores disseram que Pezão pagou a conta do SPA com recursos próprios.

Ouça a cobertura do Jornal da Mania:

Jornal da Mania – de 2ª a 6ª, das 06h às 07h

Na pauta do encontro de hoje, está à venda da Cedae. Temer deu ordem ao BNDES para comprar a empresa por R$ 3 bilhões, e o dinheiro, segundo Pezão, vai pagar os salários atrasados.

“A empresa vale muito mais. O governador não sai do SPA pra nada, nem pra resolver os nossos salários atrasados. Tem maracutaia nisso aí”, disse o presidente do Sintsama, sindicato dos trabalhadores da Cedae, Humberto Lemos.

Na próxima terça-feira, trabalhadores farão um protesto na porta da secretaria da Fazenda, às 13h, na avenida Presidente Vargas, 670, centro do Rio.

Secretário de Fazenda viajou para os EUA e Samu pode parar

Enquanto o governador descansava no SPA, o secretário de Fazenda, Gustavo Barbosa, viajou para os EUA. Segundo os assessores, por motivos pessoais. A empresa que cuida da central telefônica 192 do Samu ameaça parar porque não recebeu os pagamentos de outubro do ano passado, e os de janeiro a junho deste ano. A dívida cobrada é de mais de R$ 10 milhões.

“Estou tranquilo”, diz Pezão, mesmo sem pagar os salários

No dia 29 de junho, quando muita gente ainda cobrava os pagamentos de abril, a Justiça estipulou multa de R$ 1 mil por dia caso os salários da Uerj continuassem atrasados. Na ocasião, Pezão disse que estava se sentindo muito tranquilo.

Ouça a declaração do governador Pezão:

Notícias que você pode gostar